O homem que odiava a segunda-feira Ignácio de Loyola Brandão

ISBN: 9788526006294

Published:

Paperback

168 pages


Description

O homem que odiava a segunda-feira  by  Ignácio de Loyola Brandão

O homem que odiava a segunda-feira by Ignácio de Loyola Brandão
| Paperback | PDF, EPUB, FB2, DjVu, AUDIO, mp3, ZIP | 168 pages | ISBN: 9788526006294 | 5.78 Mb

Na porta da livraria, um homem distribui folhetos amarelos convidando para uma reunião. Objetivo: extinguir do calendário as segundas-feiras, esse dia nefasto no qual todos os males da semana (e da vida) começam. Prova científica? O estranho vírusMoreNa porta da livraria, um homem distribui folhetos amarelos convidando para uma reunião. Objetivo: extinguir do calendário as segundas-feiras, esse dia nefasto no qual todos os males da semana (e da vida) começam.

Prova científica? O estranho vírus denominado Monday-Monday, de sintomas incertos e amplitude universal. Mas como eliminar um dia da semana? Consultas a advogados, na tentativa de esclarecer da existência de alguma lei a respeito.

Desilusões, frustrações.A segunda-feira, espécie de bode expiatório das angústias, recalques e desavenças humanas, marca com a sua presença inquietadora os cinco contos de O Homem Que Odiava a Segunda-feira.Contos absurdos (talvez não tão absurdos como o cotidiano, se bem pensarmos), situações de delírio, metáforas e alegorias da realidade, à sombra da aziaga segunda-feira. O homem que mantém diálogo com uma formiga- a caixa de correio que engole mãos- a ideia de corpos com partes removíveis, permitindo se retirar ora uma perna ora a barriga.A estranha situação de pensar e emitir sons sem qualquer sentido, como se falasse um idioma bárbaro ou estivesse sendo dublado, e a descoberta final de não entender mais a língua que falava (KersgatoiNula!

KersgatoiNula!). Sátira às novas gerações, à linguagem contemporânea, incorporando estrangeirismos grotescos? Pode ser. Mais evidente é a perda da identidade e suas consequências alucinantes, em “As Cores das Bolinhas da Morte”.Sátiras, humor negro, sarcasmo, revolta com o cotidiano, culpa da segunda-feira. Que seja extinta. E se a felicidade ou mesmo uma precária tranquilidade seja impossível assim mesmo, que se acabe também com a terça, a quarta, a quinta, a sexta, o sábado. Que a vida seja reduzida a um perpétuo domingo ou que tudo se acabe numa nefasta segunda-feira.



Enter the sum





Related Archive Books

  1. 13.12.2013EZ GMAT - Math Strategies
  2. 08.08.2012La sentencia
  3. 19.03.2015****
  4. 11.06.2013Quahog State of Mind


Related Books


Comments

Comments for "O homem que odiava a segunda-feira":


szansadlakobiet.pl

©2009-2015 | DMCA | Contact us